2 de mar de 2012

Atrevida

Se abre
A laranja
Pela faca sem fio

           Como a terra
           Da vez para o rio

E assim tuas palavras
Trespassam o peito
Partido ao meio

          Incontida
          Inconstante

Errantes
Atrevidas
Palavras malditas

          Partem
          A alma rendida

Encerram a tarde
A vida
Atrevidas!

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário