22 de dez de 2013

Ponto

Em branco papel
Um ponto é fim
Recomeço

Outra fase
Nova frase
Outra hora

No fim
O verso se repete
Inverso
Branco do mesmo
Revés

Pensava em você
sem saber

Na certa, me cerca
esperando anoitecer
Esperando a graça
de tua desgraça

de pronto
encontra
O ponto
pronto

finda
mas não cala

Recomeça

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

7 de dez de 2013

Sóbrio

A sombra que passo
A sombra que faço
sobra

A noite, o espaço
Pouco, apertado
sobra

Curtos prazeres
Poucos saberes

Prazeres
Curtos
Curdos, pardos
Burros

Cegos e surdos

Sobra solidão
Sóbrio sobra


Sobrei também
Com mais esta canção


Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>