19 de abr de 2011

Velho novo amigo

Tenho um velho novo amigo
Será sempre velho
E amigo
Esse novo amigo que conheci
A tantos minutos atrás
E você já consegue nos ouvir
Cantando nossa canção


Ele pode parecer velho
Mas é novo como as tardes do verão
Sempre vem
E vão
Pra ninguém perder o refrão
Ouça bem
E com atenção
O que meu velho novo melhor amigo cantou


por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

5 de abr de 2011

Importação

Depois da última noite
No silêncio
Dos olhos
Tortos
Que passavam a me reparar
Sem saber
Que estavam errados
Ou era eu
Quem errava?


Será que eu realmente via
Além
De tudo que ouvia
De dentro de minhas barreiras
Os resquícios das tuas fronteiras
Importando de ti
Tudo que podia
Pra matar a vontade
A saudade


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Tempos

De dentro da toca
Ouvia apenas passos aflitos
Seres perdidos
Enquanto passavam
Insanos
Sobre tempos diferentes
Um tempo de nunca
Passar
E o tempo que jamais parara

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Mariposas I

Acalanto
Mariposas
Que voam perdidas em meu quarto


Enquanto passo
Retas, traços
Sobre tantos outros
Em minha prancheta


Mal sabem
Que tantas já caíram
E tantas outras irão cair
Quando a luz apagar
E eu for dormir


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>