5 de abr de 2011

Importação

Depois da última noite
No silêncio
Dos olhos
Tortos
Que passavam a me reparar
Sem saber
Que estavam errados
Ou era eu
Quem errava?


Será que eu realmente via
Além
De tudo que ouvia
De dentro de minhas barreiras
Os resquícios das tuas fronteiras
Importando de ti
Tudo que podia
Pra matar a vontade
A saudade


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário