10 de jan de 2018

Um final prazer

Goteja meu querer,
Num copo meio cheio.
Num corpo todo vazio.

Goteja meu ser,
No branco de tua pele,
Um toque que liberta, desata.

Solta a fera, dilareça,
Desenlaça.
Se dá ao prazer latente.

Quero vê-la acordar!
Na calmaria do teu despertar,
Em teu peito enveredar meu ser.

Mesmo se nossos olhos não estão para ver,
Dirá o toque...!
Esconder a solidão em teu nu deserto.

Quero tê-la para o dia ver passar,
Aguardar o fim chegar.
Até o desejo em mim findar.

Deixe-me acabar,
Em tua branca pele.
Tão boa de beijar!

Deixe-me repousar,
Em silêncio sobre teu corpo.
Espantar todo nosso pranto.


Vitor C. Ramos
* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>

Ser-es

Somos fotografias
Feitos de lembranças
Um álbum de histórias, um catálogo de memórias

Somos arquivos em transferência,
Até nos tornarmos obsoletos
E inventarem um novo formato.

Somos dados,
Todos mal sincronizados.
Um inventário de perfis iguais, enfeitados.

Somos energia,
Esgotamos a cada dia.
Para no fim, alguém nos desligar da tomada.

Somos ferramentas.
Técnicos, especialistas,
"Você tem uma nova atualização"

Somos microorganismos,
Em uma vasta imensidão.
Bactérias lutando contra a auto-extinção.

Somos inimigos,
Amigos,
Irmãos.

Vitor C. Ramos
* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>

Escolhas

Um ano representa, ao mesmo tempo, pouco e muito. É pouco tempo para algumas coisas começarem a dar certo, pouco tempo também para aquelas que já estão dando certo, porém é muito tempo para coisas que estão dando errado continuarem fazendo parte de nossas vidas.

Neste espaço tempo de um ano, tudo pode mudar, há uma infinidade de possibilidades, todas abertas sobre nossos olhos todos os dias, basta decidirmos qual caminho seguir, não que seja fácil, ou que tomar a decisão correta, se é que ela existe, vá tornar algo mais fácil, muito pelo contrário, nossas decisões estão cercadas de obstáculos e dificuldades que precisamos enfrentar e superar para chegar ao nosso objetivo, seja ele profissional, financeiro, emocional ou para fins de lazer.
Precisamos criar o hábito da reflexão e também o da autocrítica, nossas ações geram resultados nas nossas vidas e na de todos que nos cercam, resultados estes que podem ser bons, maus ou indiferentes. Porém devemos também nos aproximar de nossos princípios, sejamos um pouco egoístas, de vez em quando, olhemos para dentro para buscar os nossos desejos e necessidades essenciais, quem queremos ser, como imaginamos nossas vidas daqui a 5/10/15/50 anos, com quem queremos estar, como esperamos estar, aonde e o mais importante, qual o caminho que devemos traçar para chegar lá!

Nada na vida é fácil, escolher, decidir por algo é muito complexo, demanda coragem e podemos nos ferir assim como podemos ferir quem nos cerca, podemos nos arrepender e não poder voltar atrás assim como podemos descobrir o que realmente nos torna felizes, pois os caminhos que escolhemos nos transformam em quem somos e a cada dia nos tornamos uma nova versão de nós mesmos.

Essas mudanças e escolhas, fazem com que as pessoas sigam caminhos diferentes, se afastando ou se aproximando e nem sempre significa que gostamos mais ou menos de alguém, ou que simplesmente decidimos que não queremos mais uma ou outra pessoa em nossas vidas, em certos casos isso acontece por causa de nossos objetivos e expectativas que podem mudar, nos fazendo aproximar ou distanciar, ou por mudarmos nossa forma de ver e viver a vida, tudo que vive é passível de mudanças a eternidade é utópica para tudo, desde amizades, relacionamentos, sentimentos, opiniões, seres vivos ou objetos inanimados.

Precisamos criar o hábito da reflexão e também o da autocrítica, nossas ações geram resultados nas nossas vidas e na de todos que nos cercam, resultados estes que podem ser bons, maus ou indiferentes. Porém devemos também nos aproximar de nossos princípios, sejamos um pouco egoístas, de vez em quando, olhemos para dentro para buscar os nossos desejos e necessidades essenciais, quem queremos ser, como imaginamos nossas vidas daqui a 5/10/15/50 anos, com quem queremos estar, como esperamos estar, aonde e o mais importante, qual o caminho que devemos traçar para chegar lá!

A vida é feita de escolhas... Seja consciente de sua existência, de suas ações e decisões, não desperdice escolhendo viver a vida que os outros querem, ou acham que você deve viver, essa decisão cabe apenas a você, por mais surpresos com suas decisões, contrários, a favor, cheios de críticas que os outros possam surgir, acredite em você e tenha convicção em seus ideais e princípios, seja autêntico, verdadeiro!

Igual a você, só você mesmo e apenas enquanto durar o agora, depois não se sabe!

Vitor C. Ramos
* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>

Decisões

Decisões fazem parte de nosso dia-a-dia, decidimos a que hora acordar, o que comer, o que vestir, qual rua pegar para o trabalho. Porém, há certos momentos na vida em que temos de tomar decisões extremamente difíceis, decisões que somente cabem a nós mesmos, muitas das vezes essas decisões não afetam somente a nós e nossas vidas, mas a outras pessoas que nos cercam, que dividem suas vidas, expectativas e sonhos conosco, estas são as decisões que nos põe acordados por noites, rolando em nossas camas, dançando com os lençóis, decisões que nos fazem repensar todas nossas crenças, nossa moral, ética, nossos próprios sonhos, planos e expectativas, a curto e longo prazo. Certa vez um professor que estimo muito, contando sobre as decisões de sua vida, chamou estes momentos de "turnovers", como se fossem guinadas a uma ou outra direção, decisões que nos fazem mudar o sentido de nossa caminhada, mudam nossas rotinas da noite para o dia, podem mudar praticamente todos os aspectos do nosso dia-a-dia, porém são essas que renovam nossos propósitos, que os reafirmam, trazem sentido a uma caminhada errante.

Decisões podem ser difíceis, as vezes difíceis demais, porém necessárias, muitas vezes vêm acompanhadas de alegrias, sensação de renovação, e realização, porém tem aquelas que vêm acompanhadas de lágrimas, mágoas e tristeza. As vezes elas podem ser egoístas, porém de vez em quando nós precisamos o ser e pensar no nosso futuro, no que desejamos para nossas vidas, como nós nos vemos no futuro, aonde queremos estar, com quem e como estaremos, este egoísmo, por mais duro que seja com os outros e com nós mesmos, nos mantém ligados aos nossos princípios, nossos ideais e nossas razões de ser, eles devem estar vinculados as nossas crenças e aos nossos motivos mais íntimos.

Magoei, assim como já fui magoado, sei que feri, que decepcionei e que pareci fraco por desistir, porém as vezes é preciso muito mais coragem para assumir o fracasso e desistir do que insistir em algo que já não é mais saudável e nos faz, de certa forma, infelizes.

Desculpa a todos que posso ter decepcionado, que posso ter magoado ou ferido, estava apenas seguindo meus motivos e princípios, se eu fosse contrário a eles, estaria traindo a mim mesmo. Sei que hoje é difícil aceitar, entender ou compreender estes meus motivos, mas espero que um dia todos me compreendam e respeitem, pois decisões não são fáceis de serem tomadas, principalmente quando envolvem quem amamos, estimamos e desejamos o bem.

Tudo tem seu fim, seja um trabalho, um projeto, um relacionamento e até nós, como seres humanos, temos a morte como um fim. Porém sempre tive como um dos meus princípios, ser o melhor de mim, fazer o meu melhor, aproveitar o máximo que puder, amar com todas as forças que eu tiver e principalmente ser feliz em todos os momentos de minha vida. Estes momentos podem ter durações diferentes, um minuto, uma hora, uma semana, um ano, dois, dez, ou talvez uma vida, porém, como dizia o poeta, que sejam eternos enquanto durem. É assim que vivo, sempre invisto todo meu coração, minha alma e energia em algo que acredito e enquanto o momento durou, fui muito feliz, amei muito e espero ter trazido muita felicidade e amor também.

A vida é cheia de reviravoltas, nossos caminhos fazem curvas, se aproximam, se distanciam, dão voltas e seguem em frente, amanhã é desconhecido!

A todos desejo a paz, o amor e a felicidade eterna, se for possível.

Vitor Ramos.
* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>

9 de fev de 2017

Guarnição

Um minuto
Um furto a paz
Um mergulho em sofreguidão
Uma hora a menos ao seu coração

Alguns vem portando armas aos dentes
Outros só conhecem o fio da navalha
Quando esta lhe parte o coração

A solidão é vasta em meio ao campo de batalha
Quantos são os que te apoiarão em meio a confusão?
Quantos estarão prontos pra te apoiar quando fores ao chão?

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>

Irracional

Não sei mais que horas são!
Não sei a quem pertence esta nação
Nem sei ao certo quem são!

Não sei quem proferiu as ordens
Sequer estava lá para ouvi-las!
Muito menos para segui-las.

Não sei quantos são,
De onde vem
Nem para onde vão 

Pouco sei sobre a questão 
Sei que esse bando pode ser rebanho,
Como pode ser a milicia de vossa execução!

Se forem meus irmãos
Ainda com compaixão,
Me entristeço em pena, rancor e aflição!

Todos estão perdendo a razão.
Lucidez sobre os fatos está fora de questão!
Todas as palavras são cheias de versões.

Acredito que até meus olhos são capazes de traição
Me contando meias verdades,
Me privando a razão.

Não há verdade sequer em vossa respiração!

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>

14 de ago de 2016

Encontro das horas

Fazia hora,
sentado no degrau...

Fazia hora na porta,
na escada
no quintal!

Foi fazendo hora,
vi você passar...

Hoje faço hora pra você!
Pra poder te ver,
e te beijar.

Fazia hora,
que esperava te encontrar...
E fazer hora com você!

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>

29 de jul de 2016

Irmão menor

Irmão menor é problema
A culpa sem ter culpa
É brigar sem se querer
É desculpa pra safar o outro de apanhar

Irmão menor é fogo
Mexe em tudo
Nunca sabe o que é  meu
E sempre acaba em confusão

Só eu posso com meu irmão
Mexeu com ele
Vai levar um safanão!

Só eu que posso com meu irmão

Irmão é assim
Eh sarna, fogo, folia e quebração!

Irmão menor é benção
Pra ter com quem dividir a culpa
A surra
E nunca ficar na solidão

A melhor coisa
É ter um irmão.

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado !*
Leia tudo >>

7 de jun de 2016

Poetizar

Poeta sem causa
Já fui louco, obcecado
Poeta posessivo, obssessivo
Obstinado

Era poeta por causa
Poetizar o que não versava
Apenas poetar

Poeta até que encontrei causa
Encontrei rima
Meu verso

Uma métrica às minhas causas
Pois poeta sem causa
Não tem poesia

Lhe falta expressão
É poesia senil
Falta paixão

Em doses homeopáticas de você
Dominicais por tradição
Diárias, se fosse uma opção

Formamos verso
E em tão poucos, até então
Se vêem cheios de rima no olhar

Versos a se invejar
E uma estrofe inteira
Ao se beijar.

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

5 de mai de 2016

Eterno Vendaval

Faço do meu beijo
Alegoria...

Em tuas nuances, vivo perdido
Não sei se lhe beijo
Ou lhe deixo acalmar.
É sempre um mar a desvendar...

É feito um vendaval!
Arrasta, derruba e leva embora.
E depois é calmaria
Aquele olhar sereno
Que pode durar a eternidade afora

Eu amaria a eternidade!

Me perderia em seu respirar profundo
Sentindo seu peito esvaziar
E se encher novamente, pronto pra amar
Num silêncio que acolhe a alma.

Meu corpo estremece em sua falta
Esfria em saudade
Aquece em lembranças

Havendo um mar para atravessar
A distancia
Derivando em nossas lembranças
O cheiro em minhas roupas
E a memória do seu olhar.

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *
Leia tudo >>