22 de nov de 2009

Mudo e Surdo

Hoje acordei sem palavras
Levantei e elas ficaram deitadas
Num sono profundo
Silenciando o meu mundo

Hoje procurava palavras
Mas não as encontrava
E meu coração calado
Morreu sem lhe dizer
Te amo

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

20 de nov de 2009

Chuva

Chovendo devagar
Mais que chuva
Chuva de verão
Minha alma embriaga
Chuva que lava
Escorrendo sob seu rosto, o céu

Chuva
Revolta
Liberta seu coração
Vem despi-la
Da égide do medo
Medo da chuva
E medo de me amar

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Chuva âmbar

Chuva âmbar
Vem comer meu mundo
Chuva que mata

Lava as cores

Lava a vida

Chuva âmbar
Cobre meu mundo com esse envoltório cinza
Sufocado
Chuva do homem
Chuva de vossos detritos
Chuva âmbar

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

12 de nov de 2009

Cólera

O céu estrelado
Feito cetim azul
Se faz lençol celestial
A nos cobrir aqui fora
Nossos corpos
Aquecendo um ao outro
E nossos corações
A conceber esta paixão lasciva
Enquanto esquecemos do mundo
Floresce esta viva e violenta atração
Cólera de minh'alma

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Ariano

Ariano
Sonhador e romântico

Sedento de aventura
De paixão
Irracional e violenta

Que como fogo em palha seca
Queima
E logo passa
Sem deixar rastro


Ariano
Amante da verdade
Inconsequente
Colérico
Liberta sua agressividade e suas emoções
Dessa paixão que cria, dá vida e aquece
Mas que também é poder que queima, destrói, seca e ofusca
Impulsivo e voraz
Ariano

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

9 de nov de 2009

Prima-Obra

Nasceu da pedra
Esculpida
Ouviu-se na sétima acima
Perfeita
Máxima

Inspira
Na tela e na pedra faz rima
Em preto e branco a pinta
Com finos traços de tinta
Lhe põe a vida

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Revés

Andava de costas pra lua
Com medo de entrar na tua rua
Ouvia de longe a sua voz

Dormia na cozinha
Para não te ver nua
E espiava pela fechadura

Me escondia quando aparecia
E acenava quando não olhava
Fugia enquanto a seguia

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Concerto Litoral

Sentado na areia
Via as ondas quebrarem
Ouvia as gaivotas
E os sussurros do mar
Como um teatro orquestrado
Regido por Deus

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

5 de nov de 2009

Sombra

Entre as ruas
Dessa nova cidade deserta
Escondo-me da sombra
Sombra que persegue minha alma
Que não respira o dia
Que não vê luz
Esperando a noite que não vêm
Sufocado coração
Desfalece na solidão

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Desculpas

Na areia clara da praia
Espero a maré
Para afogar as minhas desculpas
Por ser humano
E desumano
E assim chorar por não amar
Não amar o suficiente
Enquanto presente
O seu amor

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Cair e subir

Aprendi a cair
E rir
E voltar a subir
E rir
Dos que não sabem cair
Dos que não sabem rir
Dos que nunca irão subir

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Apresentação

Encanta
Com sua dança
O meu coração

Extasia
Com essa fantasia
O meu coração

Enleva-o
Expulsa-o da guarida
E mostra-lhe o amor

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>