19 de dez de 2012

Retornar

Me vejo na repetição diária,
O ato de retornar

Me vejo refazer,
Reviver

Retomar,
Retornar

Me vê passar
A olhar

Te olhar,
Apenas imaginar

Beijar,
Apenas desejar

Apaixonar,
Repetição diária

A cada dia,
Com teu suspirar

Em sonho,
Sou eu a te amar

Repetição diária,
Sonhar


Me vejo refazer,
Reviver

Retomar,
Retornar


Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Vida

Se o tempo corresse
Como a memória
Que escorre
Resfriando os globos
Acariciando
As maçãs
Paralizadas

O sonho para
E se repara
Que de sonho
Não era nada
O sonho não estava
Só,
O desejo a aumentar

Se ausentava
A memória dispara
Busca
Te encontra
Apagada
Longe
Amada

Era linda
Morena e linda
Assim
Sorrindo
A nos arrebatar
Sob a escuridão,
A pálida Lua

Já não havia
Nada
Ou se quer alguém
A pensar
E vem você
Linda
De encantar

Em tuas perfeições,
Entre alheias,
Imperfeições
Tantas objeções
Misturada a tequila
Com um beijo
Partiu, linda

A vida
Vida
Linda

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

18 de dez de 2012

Ada

Perdi-me sob o plácido
Profundo manto
Céu
Um mar
Amar,
Amando
Debaixo de céus
Encanto

Espaço infinito
Um astro perdido
A noite
Te ter sob meu céu
Ao céu,
Pertence,
O prazer do gosto

Aos olhos, o rosto
A boca
O resto
Todo o corpo
Sidéreo
Venéreo

Fulgor infinito
Alvo
Cupidíneo
Trespassa
As colinas
Partiu
Se viu e se perdeu

Perdeu-se
Ao mar jogada
Afogou-se
E no nada
Se esqueceu
Se perdeu
Amada

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

11 de dez de 2012

Gente

Vi
Ouvi
Conheci
Gente

Inconsequente
Independente
Irreverente

Gente

Que ama
Que chora
Que se rende

Gente

Que usa
Que abusa
e joga fora

Gente

Apenas gente
Não valem a palavra
Não valem nada

Gente

Que mente
Ausente
Demente

Gente

Que não é gente
Que não sente
Ou que mente

Gente

Que se arrepende
Quando o tempo
Se torna inexistente

Gente

As quais o tempo
É impertinente
E acaba

Apenas gente

Por Vitor C. Ramos

* se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

6 de dez de 2012

Tentação

A voraz
Atrocidade,
Fatalmente,
Íntima conhecida,
De minha alma

Vai repondo-se
Ao constante lugar,
Volta a pisotear-me
A cada segundo,


De férias saiu,
E por pouco se ausentou.
Hoje já volta
Ao lugar que há pouco,
Por caridade deixou

Só,
E novamente só,
Sofre e se cala
Caindo em tentação
Vive em vão

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

Leia tudo >>

5 de dez de 2012

Mercúrio

Mesmo no pouco
Passado e presente
Que a pouco temos

Mesmo na pressa
No medo
E no zelo

Deixa dizê-lo
Te quero
E não há erro

Não há tempo
Antes do fim dos tempos,
Que acabemos com um beijo

Que acabe
A pressa, na pressa
O que começou com festa

Fizeram aparentar
Aparentados
Achando erros

Que erro fora
Cruzar a linha, tênue
Do passado e presente

A estreita margem
Entre um beijo
E o eterno desejo

Desejo
Tão cedo vê-la
Tê-la uma noite mais

Desejo
Um beijo
O dia inteiro

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

2 de dez de 2012

Encanto

Fosse o brilho de olhar
Olho de olhar
Boca que quisera beijar

Fosse o frio a nos alimentar
Fosse o sono
Fosse os olhos a olhar

Fosse o canto
O orvalhar
E as ameaças da fortaleza

Fosse teus olhos
E o encanto a me derrubar
Que encanto de encantar

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>