18 de dez de 2012

Ada

Perdi-me sob o plácido
Profundo manto
Céu
Um mar
Amar,
Amando
Debaixo de céus
Encanto

Espaço infinito
Um astro perdido
A noite
Te ter sob meu céu
Ao céu,
Pertence,
O prazer do gosto

Aos olhos, o rosto
A boca
O resto
Todo o corpo
Sidéreo
Venéreo

Fulgor infinito
Alvo
Cupidíneo
Trespassa
As colinas
Partiu
Se viu e se perdeu

Perdeu-se
Ao mar jogada
Afogou-se
E no nada
Se esqueceu
Se perdeu
Amada

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário