30 de ago de 2010

Desafio del Diablo

Llamé al Diablo
Él dijo que yo podía hacer um deseo
Como no había nada que pedír
Me hizo un desafio
Usted
Y tu corazón partido

Congelado

Él dijo que
Yo tengo siete dias
Para te dejar caliente
Como el fuego en la casa de él
Enamorada por mí
Y antes de volver al infierno
Soltó una carcajada
Como si fuera imposible

Por Vitor C. Ramos

* Se copair, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

28 de ago de 2010

Ave em meu jardim

Sentado a janela
Ouvia teu cantar
Calando o choro
Da boca desdentada
E os lamentos
Da velha mal amada


Canta a beleza da vida
E põe-se a embriagar-me
Faz que eu a esqueça
Nem que apenas uma estrofe
E ao fim da canção
Ensina-me a voar


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

25 de ago de 2010

Flores num deserto

Mesmo cansado e com fome
Hoje só pensei em você
Em seu perfume em minha roupa
Em meu mundo
De vícios do coração
De vícios como a paixão
Que não faz sentido sem você
Que me deixa melhor só de te ver
Enquanto um abraço é o máximo que arrisco
Esperando algo certo
Tão incerto
Como flores num deserto


Minhas respostas
Sem perguntas
Em livros de auto ajuda não se encontram
Pois estão fora de lugar
Como as tais flores no deserto
Flores sem vida e sem sentido
Assim como meu coração
Que em meu peito padece
Pela falta de você
Como a falta de flores
Na imensidão de um deserto
Assim sou eu sem você


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

23 de ago de 2010

Ponto fraco

Não paro de te olhar
Mesmo com as luzes apagadas
Te procuro mesmo sem saber
Se você já foi
Levando minhas roupas
Minha mochila com minhas coisas

Do seu lado poso de Star
Quebro garrafas
E posso até chorar
Esperando você me abraçar
E dizer que não foi nada
Sentindo seu perfume
A me curar as dores da alma
Meu bem
Minha paixão
Meu ponto fraco

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

Leia tudo >>

22 de ago de 2010

Diferentes

Sem perfeitos
Nem imperfeitos
Sem defeitos
É tudo simples
Como o bem vencer o mal
Como vida e morte
Apenas
Diferentes


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Exagerado

Demasiado exagerado
Em nome do amor
Misturando paixão e dor
E com todos os meus músculos que sentem
Grito para ao mundo inteiro acordar
No dia que serei feliz
No dia que eu puder te amar
E você desse amor compartilhar


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Alcoolizado

Enquanto os dedos abertos não fecham
E os corações alcoolizados
Não param de bater
Vamos vacilando pela contramão
Gostando de quem não gosta da gente
Viciados pela paixão
E cheios de tesão
Se perdendo
Gritando nomes
Seguindo o caminho dos postes
Para não sair da rota
Apenas enquanto bater
Meu coração alcoolizado
Dentro do peito aberto


Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>