13 de jul de 2012

Corsário

Corsário,
de tua pele
Afligirei-te
O peito
Arrastado


Teu corpo
Todo
Sebe rosácea
Um mar
Desejo
Aportar

Corsário,
eu sei
Quanto amor
Só,
buscou
Você


Afogou-se
Afoguei-me
Aguardei
O próximo
A deportar-me

Corsário
Cansei
Falta amor
Só,
parei
Transbordei

E todo,
faminto
Me transformei
Agora sou
Porto
Sou torto

Corsário,
deixei
Agora sou ilha
Me cerquei
Me sequei
Esqueci

Sou só
Corsário
Viverei com meus segredos
Só, apenas
sou ponto
De seu rosário

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Viveria

Casaria-me
Conjugaria
Libertaria-te
Amar-te, ia


Por libertares tu
Caçar-te-ia
Mataria
E daria
A vida

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

11 de jul de 2012

Mentira

Vivo
Sério

E toda noite
O desejo fora
Nada sério

Mas...

aonde foram?

Sumiram?

Aquelas palavras...
diziam, como se fosse nada
Se fosse, seriam

E por nada
Pediram

E por nada...

Nada sério
Como se fosse!

Mentiram

Brincadeira
Fez com o outro
Como se fosse

Nada sério
Apenas mentira!

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado  *

Leia tudo >>

Perfídia

Saíram,
eles,
com meu nome
Sala adentro

Até com certo desespero
Chegou a mim...

Beijaram,
ela,
minha boca
Peito adentro

Até com certo jeito
Chegou a mim...

Chegara
tão cedo
Certamente
por dentro

Até com algum medo
O,
âmago do,
coração
Absolutamente

Despiu-se
ela,
toda com pudor
Meus olhos

Já desesperados
Traíram a, mim

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>

Saudade II

Saudade
De que não conheci
Vi
Mais que ontem
Menos que amanhã
                   Uma paixão

Por Vitor C. Ramos


* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *
Leia tudo >>