2 de mar de 2012

Amores de mar

E dos dedos
Viciosos
De um coração
Atirado às ondas
Saíam notas doces
Aprendidas no fundo do mar
As doçuras
As canduras
Dos encantos
Dos amores do mar
Que um dia irão machucar
Podem até matar
Se perder entre as correntes
Entre as cordas
Se prender
E de um corpo de madeira
Me resgato do naufrágio
E trago as doçuras
As canduras
Os encantos
Pra cantar
Esses amores de mar

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário