10 de mar de 2013

Segundo

Se fosse eu
Falar sobre maturação
Diria da expansão
Explosão
Esvoaçadas no mundo
Se perdendo no breu

Minhas palavras
Inaudíveis
      Angústia febril
Eu vi
Tu viu
Entreolha-mo-nos

Por um segundo
Parava o mundo
Esperando-a
Se perder
E fui eu, com um arrepio
Senti

O tempo escorrido
Pecado que aguardou abril
A Lua viu
Vestindo a todo o luar
Se perdeu
Em teu olhar

As brumas do teu perfume
Ficaram ali
A mesma música a acompanhar
Nunca deixou de tocar
A eternidade
Se apaixonar

Um segundo
Todo o mundo
Um mundo
Um segundo
Apenas você
E eu

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário