23 de jan de 2013

Sabor I

Sabor
O calor de tua boca
Em meu grosso, encardido,
Coração partido

Calor
O suave doce
O medo inconstante
Avariando o prumo de meu calcanhar

O bom do mar
Que seja,
Direi assim...
A mar!

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *




0 comentários:

Postar um comentário