22 de set de 2012

Afogado

Sobre o podre cordame
De tuas guias
Caí

Bêbado
Enrolado

Senti
Santa Maria
Entre remadas

Alugado
Abandonado

Descansei
Sob o peito de morte
Me aportei

Esquecido
Arrependido

Esqueci-me
Tudo
Silenciou

Prostrado
Saqueado

Entre castiçais
Sob a noite
Vazia

Naveguei
Me afoguei

Novamente
Afoguei-me

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *



0 comentários:

Postar um comentário