27 de mai de 2012

Coragem

Enquanto a noite
Escarlate

Prolongava gritos
Estarrecidos

Segurei em tuas linhas
Infinitas

Ainda tão jovens
E ausentes

No hoje da vida
Que a cada dia

Vivemos menos
E esquecemos

Da coragem
Guardada

De outros
Que dizem esbeltos

E outros magros

Mal dias
Dias maus

A solidão
      A virtude
A medida
      A liberdade

O sonho

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário