10 de jun de 2012

Ignorância

E numa rajada
Surgia
De tudo
A insuficiência

A estupidez
Atravessou
Com feroz violência
Qualquer prova
De inteligência

Me fez questionar
Reprovando
Toda uma espécie
Em proliferação
Geométrica

O gosto
De se provar
E não fartar
Os ouvidos da ignorância
Quase genética

Vandalizou
Com nossa Filosofia
Vã demais
Para sua existência
Vazia

Me fiz de inconsciente
Pra esquecer do incidente
Viverei transparente
A toda ignorância
Latente

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

"Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância!"
Sócrates

0 comentários:

Postar um comentário