16 de jun de 2012

Passar

No frio
E escuro
Do teu pesar
Esqueço ao passar

Do tempo
No tempo
De nossa lembrança
Passado e futuro
Se perdendo
Em sua ingênua
Omissão

Seus leves delitos
Contra minha indulgência
Cercam-me
O âmago de solidão

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário