29 de jan de 2012

Bunda

Bunda
O prazer de olhar a tua
A nossa
A tortura
Senta-te a bunda nua
Imaginadamente desnuda
Semi-tocada
A corja
Alcateia inteira
Pequenos malfeitores
A espreita da tua
Perseguida... não!
Bunda!

Bela bunda!
Hummm, bunda!

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário