21 de out de 2009

Museu de Lágrimas

Não deixarei seu jardim secar
Cuido para o tempo não matar
Enquanto você não voltar
Vou vendo o sol brilhar
E os pássaros a cantar

Naquele canteiro
Deixo apenas suas rosas e minha dor
Pronto para o amor
Sonhando com seus olhos negros
Morro com o peito cheio de dor
Em seu jardim cheio de enganos
Museu de lágrimas

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário