13 de nov de 2012

A ver

Sentado
A beira do tempo
Te vendo

Em seus soltos anéis
Correndo ao chão
Simples
Em vão

Ouvi um belo
E faceiro sussurrar
Dos fatos
Sorteados

Acertados
Enganados
Assombrando
Cada troca de pé

A ver
Se vendo
Vendendo
Se vendendo

A ver
Não havia nada que ver
Nada a ver
A completa falta de sentido

Sentido
Sentindo
Aquele aperto
De te perder

A dor da perda
Perder
Causo do doer
Perdi-me

Perdi
Pedi
                                       Implorei!
Pra você ficar

A perdi!

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário