18 de jul de 2013

Adernas

Enquanto dançava
Olvidava
Do emplastro
Sujeito tosco...

Solta ao espaço
Disse-me:
         
         -O fim chegara,
          À eminencia da degeneração

Faltava-lhe ação
Um suspiro ao fim do verão
Um arrepio
Tomada em um amasso carinhoso

Eis enfim,
A noite cobria sua embriaguez
Abrandando-lhe a timidez
Voraz, lançou-se a minha cama

Deixei-me tomar de vítima
Fez-se memória tenaz
Fugaz
Eis o fim.

Eis que o fim
Fez-se começo
E o começo
Um ponto
Tosco
.

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *


0 comentários:

Postar um comentário