15 de set de 2011

Bicho morto

Era bicho solto
No tempo
Sempre torto
Solto

Vivia debaixo de sol e vento
Comendo
O que caia do lixo
Vivia do resto do mundo
Comia de tudo

O resto era tão pouco
Que mal enchia a mão
Vivia era de solidão
E de tanto que viveu
Um dia o bicho amanheceu
Morto

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário