25 de jan de 2011

Mudo

Depois
de uma semana
sem falar
sequer uma palavra
as paredes me procuravam
a espreita por minha sombra
foi quando o espelho
  (finalmente)
me mostrou
que ainda estava lá
tentei uma frase
e me faltaram as palavras
mas eu pude lhe sorrir
e o espelho sorriu de volta



Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado! *


0 comentários:

Postar um comentário