3 de mar de 2009

Figurinha

Não há nada para se dizer
As palavras morreram com os fatos
O brilho dos meus dias acabou
Não quero ser visto por aqui
Este não é mais meu lugar

Eu quero ver, sentir e ouvir algo real
Descobrir o meu lugar
Detrás de falsas imagens
Lembranças de uma vida de mentiras
Aquilo que já era parte de mim
Era apenas mais uma figurinha
Dentre tantas em seu jogo de cartas marcadas.

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *


0 comentários:

Postar um comentário