9 de set de 2009

Homem monstro

Não apague a luz do corredor
Tranque a porta dos fundos
Cuidado que o monstro não respeita a vida
A noite deixa o inferno e sai para caçar
Ele vem para lhe roubar
Sem hesitar levará sua vida
Não deixe de olhar debaixo da cama
Ele se transformou em monstro
O homem que vive para tirar
Pode estar a lhe esperar
Vagando pelas ruas procurando sua próxima vítima

Por Vitor C. Ramos

* Se copiar, favor divulgar a autoria. Obrigado ! *

0 comentários:

Postar um comentário